Éder, do Atlético-GO, revela ‘segredo’ para ganhar de Corinthians e São Paulo 

Em entrevista exclusiva ao programa ‘Esporte em Discussão’, do Grupo Jovem Pan, o zagueiro falou sobre o bom momento da equipe e comentou a expectativa para o terceiro confronto diante do Alvinegro paulista

  • Por Jovem Pan
  • 08/06/2021 13h17 - Atualizado em 08/06/2021 16h06
Reprodução/Twitter/Atlético Goianiense/Bruno Corsino-ACGÉder e Zé Roberto comemoram gol do Atlético-GO contra o São Paulo pela segunda rodada do Brasileirão 2021

O Atlético-GO começou a temporada surpreendendo ao vencer duas vezes o Corinthians na Neo Química Arena, em Itaquera, pela Copa do Brasil e na estreia do Brasileirão. Na segunda rodada do torneio nacional, o Dragão recebeu o São Paulo e emplacou mais uma vitória. Em entrevista exclusiva ao programa “Esporte em Discussão”, do Grupo Jovem Pan, o zagueiro Éder falou sobre o bom momento da equipe e comentou a expectativa para o terceiro confronto diante do Alvinegro paulista, marcado para esta quarta-feira, 9, em Goiânia – como ganhou por 2 a 0, a equipe goiana pode até ser derrotada por um gol de diferença para avançar às oitavas da Copa do Brasil.

“A expectativa é a maior possível. O Atlético-GO vive uma das melhores fases da história. Sabemos que construímos um grande resultado, mas temos muito respeito porque o Corinthians é muito grande. Aqui, trabalhamos muito em cima do merecimento, com treinos de intensidade, trabalhos de academia. Tudo funciona muito bem para que a gente enfrente bem esses times grandes. Trabalhamos para quem estar de fora acreditar que é uma surpresa, mas sabendo que podemos competir”, disse Éder, que deu mais detalhes da preparação do clube. “Aqui, tudo funciona muito na base da coragem. Não temos uma grande estrela, sendo a base formada por jogadores que batalham. Não temos, por exemplo, o que o Palmeiras tem, como Luiz Adriano e Felipe Melo. Entramos como ‘azarões’ nas partidas. Quando a gente enfrenta os grandes times e conseguimos ganhar, mostramos que somos capazes. Muita humildade e trabalho. Temos uma filosofia muito coesa. Não tem luxo, mas tem tudo do bom, temos suporte para poder desempenhar o que podemos dentro de campo”, completou o defensor, autor de um dos gols no triunfo sobre o São Paulo.