Flavio Prado defende Ceni no Flamengo e alerta: ‘Ele pode virar um Adílson Batista’

Veja o que o comentarista do Grupo Jovem Pan falou sobre o treinador do Rubro-Negro após o tropeço do time diante do Fortaleza, pelo Campeonato Brasileiro

  • Por Jovem Pan
  • 28/12/2020 14h29 - Atualizado em 28/12/2020 14h30
Montagem sobre fotos/Reprodução/ Jovem Pan/ Cruzeiro/Foto: DHAVID NORMANDO/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDOFlavio Prado defendeu o treinador do Flamengo após o tropeço contra o Fortaleza

A torcida do Flamengo ficou completamente insatisfeita com o empate em 0 a 0 com o Fortaleza, no último sábado, que distanciou o time do líder São Paulo no Campeonato Brasileiro. Nas redes sociais, muitos torcedores subiram a hashtag “#ForaCeni”, pedindo a saída do treinador recém-contratado, mas que já amargou as eliminações na Copa do Brasil e na Libertadores. No programa Esporte em Discussão desta segunda-feira, 28, o comentarista Flavio Prado, do Grupo Jovem Pan, defendeu o técnico e fez um alerta curioso. Para o jornalista, Rogério Ceni pode ser “queimado” assim como Adílson Batista, atualmente sem clube, foi em outras grandes equipes brasileiras.

“A pressão sobre o Rogério Ceni é ridícula, assim como a saída do Dome também foi. Sabe qual é o problema? Eu sempre conto a história do Adílson Batista, um cara inteligente, do nível do Ceni. Ele também começou a carreira de maneira positiva, sendo um líder. Aí ele teve oportunidades em times grandes, no Corinthians, no São Paulo e depois no Santos. Ele me disse que quando chegou no Santos, ele falou para o dirigente que não poderia ser demitido porque isso acabaria com a carreira dele… E foi o que aconteceu, acabou sendo queimado. Até a torcida da Ponte Preta chegou a recusá-lo. Eu temo muito que isso possa acontecer com o Ceni. Eu acho que ele até pode perder a confiança dele”, disse Flavio Prado.

Rogério Ceni começou a sua carreira como treinador no São Paulo, mas acabou ficando no time em que é considerado ídolo por apenas seis meses no cargo. O técnico, então, foi contratado pelo Fortaleza, onde realizou um excelente trabalho, conquistando o Campeonato Brasileiro Série B, a Copa do Nordeste e o bi do Estadual. Ceni, por outro lado, teve passagem-relâmpago no Cruzeiro e já recebe críticas no Flamengo.

Assista ao debate abaixo: