Nilson Cesar exalta ‘passeio’ do Palmeiras contra o River: ‘Conmebol, cancele a partida de volta’

O narrador do Grupo Jovem Pan chegou a comparar a vitória do Alviverde sobre o time argentino com os confrontos entre São Paulo e Flamengo; confira

  • Por Jovem Pan
  • 06/01/2021 14h19
Montagem sobre fotos/Reprodução/Jovem Pan/EFE/ Juan Ignacio Roncoroni/EFE/ Marco Brindicci Nilson Cesar exaltou o feito do Palmeiras ao ganhar do River Plate por 3 a 0

O Palmeiras não tomou conhecimento do River Plate e aplicou uma vitória acachapante por 3 a 0, em plena Buenos Aires, na noite da última terça-feira, 5, na rodada de ida da semifinal da Copa Libertadores da América. Com o resultado, o Verdão pode perder até por dois gols de diferença no confronto da semana que vem, no Allianz Parque, que garante a classificação para a decisão. Durante o programa Esporte em Discussão, do Grupo Jovem Pan, o narrador Nilson Cesar pediu à Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) que cancele o segundo embate entre as equipes em função da pandemia e para evitar um maior constrangimento.

“Eu tenho uma proposta aqui: Conmebol, deixe o jogo de volta para lá. Nós não estamos em uma época de pandemia? Precisa trazer a delegação toda do River Plate para São Paulo? Sinceramente, Conmebol, cancele a partida de volta em nome da pandemia, da economia, do isolamento, da delegação e do transporte de jornalistas argentinos. Para quê ter jogo de volta? Vamos evitar tudo isso. Foi um passeio tão grande que, se eu fosse um atleta do River, teria vergonha de jogar no Brasil. 3 a 0 foi pouco! Poderia ter sido cinco ou seis”, disse Nilson Cesar, em tom de brincadeira.

O locutor do Grupo Jovem Pan exaltou a superioridade do Palmeiras sobre o River Plate, comparando com os triunfos do São Paulo diante do Flamengo (dois pela Copa do Brasil e um pelo Brasileirão). “Agora falando sério, ontem parecia São Paulo x Flamengo. O São Paulo não encaixou vários jogos contra o Flamengo, sendo que o time carioca é melhor? É melhor! Então foi igual. Parabéns ao Abel Ferreira, treinador do Palmeiras que colocou três volantes, que jogaram uma barbaridade. Gabriel Menino é um fenômeno!”, completou Nilson.

Assista ao debate abaixo: