Vampeta expõe bastidores e revela falta de união dos jogadores no Brasil: ‘É cada um por si’

Em participação no Esporte em Discussão, o pentacampeão mundial disse não acreditar no engajamento dos atletas para lutar pelos próprios interesses durante a pandemia do novo coronavírus

  • Por Jovem Pan
  • 25/06/2020 14h22
ReproduçãoO pentacampeão mundial Vampeta é um dos comentaristas esportivos da Rádio Jovem Pan

Em tempos de controvérsias e divergências entre clubes a respeito da retomada ou não do futebol em meio à pandemia do novo coronavírus, um debate voltou à tona: é possível que, em algum momento, os jogadores em atividade no Brasil se unam e organizem um movimento para lutar pelos próprios interesses – e não os de dirigentes e entidades? Em participação no Esporte em Discussão, do Grupo Jovem Pan, o pentacampeão mundial Vampeta esbanjou sinceridade e foi enfático: não acredita que isso irá acontecer. O motivo? Os atletas não são engajados e tampouco unidos. Segundo o ex-volante, os jogadores sequer conversam sobre as questões referentes à profissão no dia a dia.

“A resenha, o bate-papo, a conversa, a troca de ideias entre os atletas, de amizade, tem. Mas nada que se reúna para ser em prol do futebol, para ver uma situação melhor dos atletas, das competições… Isso aí esquece! Não tem! Eu estou em São Paulo, posso ser amigo de um cara da Paraíba, e a gente se falar por telefone para saber como é que está, se está tudo bem com a família… Agora, reunir todo mundo e dizer: ‘vamos parar! Vamos fazer com que os atletas sejam escutados!’. Isso é tudo história, tudo balela! No Brasil, não tem isso! É cada um por si e Deus por todos!”, disparou Vampeta.

O pentacampeão mundial citou especificamente a polêmica envolvendo a retomada do Campeonato Carioca, que tem oposto Flamengo e Vasco a Botafogo e Fluminense, para exemplificar que os jogadores não têm voz. “Essa divergência que está lá no Rio de Janeiro, que dizem que os jogadores do Fluminense e do Botafogo não querem (voltar a jogar) e os do Flamengo e do Vasco querem (retomar o futebol)… É mais por parte dos dirigentes do que dos atletas. Eu fui atleta, joguei na Seleção Brasileira… Esquece! Não tem nada disso, dessa união. Cada um faz o seu contrato, junta o seu (dinheiro), e os que têm amigos conversam sobre outras coisas, não sobre futebol”, afirmou, antes de finalizar: “sabe qual resenha deve estar rolando hoje? Sobre a confusão do Dudu! Todo mundo que estiver treinando vai ficar comentando!”.

Confira o comentário completo de Vampeta no vídeo abaixo: