Vampeta sobre pausa no Paulista: ‘É mais fácil pegar Covid-19 no futebol ou no ônibus lotado?’

O comentarista do Grupo Jovem Pan disse ser contra a decisão do governo de São Paulo, que proibiu a prática de esportes coletivos durante a fase vermelha, válida de 15 a 30 de março

  • Por Jovem Pan
  • 18/03/2021 15h30 - Atualizado em 18/03/2021 15h41
Montagem sobre fotos/Reprodução/Jovem Pan/LEONARDO SGUACABIA/PHOTOPRESS/ESTADÃO CONTEÚDO -14/03/2021O comentarista Vampeta, do Grupo Jovem Pan, diz ser contra a paralisação no futebol

A Federação Paulista de Futebol (FPF) até tentou, mas não conseguiu reverter a decisão do governo de São Paulo em paralisar as atividades esportivas coletivas no Estado de 15 a 30 de março. Desta forma, a quinta rodada do Campeonato Paulista, inicialmente marcada para este final de semana, foi adiada. Em participação no programa “Esporte em Discussão”, do Grupo Jovem Pan, o comentarista Vampeta disse ser contra a suspenção em meio ao agravamento da pandemia no Brasil. Para justificar o seu ponto de vista, o pentacampeão do mundo com a seleção brasileira afirmou que o futebol é o local mais seguro da sociedade.

“O mundo todo está vendo como se faz para curar essa doença. Mas, no dia a dia, a gente vê que nem todas as áreas têm o dinheiro que o futebol tem. Por mais que o atleta jogue em um time pequeno, nós vemos que ele está mais protegido do que em outras profissões. Aí você vê a população precisando pegar metrô e ônibus lotados… Se você for para dentro das comunidades, como eu vou, você vê que a situação é complicada. No futebol, os atletas são testados frequentemente e os jogos não têm público. Onde é mais fácil propagar o coronavírus? O futebol é o local mais seguro de todas áreas”, disse Vampeta. “Eu sou a favor de ter o futebol sem público e, quando tiver vacina para todos, os torcedores voltam. De todas as áreas, quem menos perdeu vidas foi o futebol”, concluiu.

Assista ao debate abaixo: