Autor do ataque ao consulado chinês no RJ ainda não foi identificado

Segundo Instituto de Criminalística, artefato lançado contra o prédio na último quinta-feira era caseiro; China afirmou que ataque não abala a relação com o Brasil

  • Por Jovem Pan
  • 22/09/2021 09h13 - Atualizado em 22/09/2021 10h18
ReproduçãoCâmera de segurança do consulado da China no Rio registrou o momento do ataque

Era caseiro o artefato lançado contra o consulado da China, em Botafogo, na zona sul do Rio de Janeiro, na última quinta-feira (16). A afirmação foi dada por um laudo feito do Instituto de Criminalística (IC). O autor do ataque ainda não foi identificado. O caso está sendo apurado pela delegacia de Botafogo. Testemunhas já foram ouvidas e imagens de câmeras de segurança do consulado estão sendo analisadas. Nas gravações, um homem vestindo uma roupa esportiva, boné e máscara de proteção contra a Covid-19 aparece acendendo o artefato caseiro, lançando contra o prédio do consulado e, em seguida, fugindo. Imagens de outras câmeras de segurança da região também estão sendo utilizadas pela polícia para identificar o autor do ataque e o que motivou a ação criminosa. O consulado da China lamentou o que chamou de grave ato de violência, mas frisou que isso não vai abalar as relações saudáveis entre Brasil e China.

*Com informações do repórter Rodrigo Viga.