Puxado pela alta da inflação, auxílio emergencial perde poder de compra em mais de 70%

Com valor mais baixo que no início e sem reajuste à inflação, recurso atualmente só permite comprar 23% dos itens da cesta básica

  • Por Jovem Pan
  • 29/09/2021 08h51 - Atualizado em 29/09/2021 10h35
Marcelo Camargo/Agência Brasil Mão segura smartphone com o aplicativo do auxílio emergencial Segundo o IBGE, o auxílio emergencial deveria ser hoje R$ 701,66 para acompanhar a inflação e repor as perdas