Beneficiários suspensos podem regularizar cadastro do auxílio emergencial a partir desta quinta

Do total de contas suspensas, 51% ocorreram por suspeita de fraude e 49% por falta de documentos

  • Por Jovem Pan
  • 23/07/2020 07h10 - Atualizado em 23/07/2020 09h38
ADRIANA TOFFETTI/A7 PRESS/ESTADÃO CONTEÚDONo caso das suspeitas de fraude, os usuários devem buscar uma agência da Caixa de acordo com o calendário de pagamentos

Beneficiários do Auxílio Emergencial que tiveram contas bloqueadas podem resolver as pendências a partir desta quinta-feira (23). Do total de contas suspensas, 51% ocorreram por suspeita de fraude e 49% por falta de documentos. Mais de 1 milhão e 300 mil contas têm restrições por causa dessas irregularidades. De acordo com o presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, nem todas os casos serão apurados pelo banco.

A suspensão por documentação pendente pode ser resolvida pelo Aplicativo Caixa Tem, com o envio do que falta. No caso das suspeitas de fraude, os usuários devem buscar uma agência da Caixa de acordo com o calendário de pagamentos. Pedro Guimarães acredita que não haverá aglomerações nas unidades físicas. A Caixa paga, nesta quinta-feira, a quarta parcela para beneficiários do Bolsa Família com NIS final 4. Quem não faz parte do programa e nasceu em fevereiro receberá o depósito na conta digital na sexta-feira (24). Os saques só serão liberados a partir de sábado.

*Com informações da repórter Nanny Cox