Biden cogita manter tropas no Afeganistão até retirada de todos os norte-americanos

Democrata havia prometido retirar todos os militares do país até o próximo dia 31 de agosto

  • Por Jovem Pan
  • 19/08/2021 08h00 - Atualizado em 19/08/2021 10h32
EFE/EPA/TASOS KATOPODISApesar do Talibã afirmar que está liberando a passagem das pessoas pelo aeroporto de Cabul, na prática isso não está acontecendo com facilidade

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, afirmou em entrevista que cogita manter as tropas militares no Afeganistão até a retirada de todos os cidadãos norte-americanos do país. A informação não pegou os moradores de surpresa, uma vez que as imagens do país divulgadas nos últimos dias impressionaram o mundo e colocaram a credibilidade e direção tomada por Biden em xeque. O democrata havia prometido retirar todas as tropas do Afeganistão até o próximo dia 31 de agosto, conforme declaração dada no dia 8 de julho. Porém, diante de todas as situações atuais, Joe Biden decidiu que vai manter as tropas por tempo indeterminado — até que o governo consiga retirar todos os americanos do país.

Apesar do Talibã afirmar que está liberando a passagem das pessoas pelo aeroporto de Cabul, na prática isso não está acontecendo com facilidade. Os militares americanos fazem, hoje, apenas a segurança interna do terminal — não estão nas vilas, aldeias e estradas. As informações são de que o grupo fundamentalista está impedindo a saída das pessoas de suas próprias casas. O Pentágono já afirmou que pelo menos 3 mil norte-americanos estão no Afeganistão hoje porque não conseguem sair do país. À administração Biden, no entanto, a informação é de que voos militares e comerciais estão funcionando normalmente. A Defesa dos EUA já trabalha com a possibilidade de que muitos americanos que vivem no país fiquem para trás.

*Com informações do correspondente Eliseu Caetano