Brasil registra no primeiro semestre aumento de 61% na abertura de empresas

Foram 643.533 novos negócios, o maior registro dos últimos 4 anos; serviços e comércio serão destaque na geração de novos negócios em 2021

  • Por Jovem Pan
  • 31/07/2021 10h20 - Atualizado em 31/07/2021 12h26
Ella Lustosa/Estadão Conteúdo Houve crescimento na abertura de empresas de todos os portes, de pequenas a grandes

A abertura de empresas no Brasil cresceu 61% no primeiro semestre, em relação ao mesmo período de 2020. Foram 643.533 novos negócios, o maior registro dos últimos quatro anos. O levantamento do Empresômetro Inteligência de Mercado descarta os microempreendedores individuais. O coordenador do estudo, Gilberto Luiz do Amaral, reforça o desempenho diante do segundo ano de pandemia no país. “Serviços e comércio serão destaque na geração de novos negócios. Serviços ambulatoriais ligados à necessidade de consultas médicas e odontológicas, comércio varejistas de roupas, serviços combinados para o atendimento de holdings e suas investidas, transportadoras, restaurantes, lanchonetes e similares. O que demonstra que o empresariado brasileiro tem uma crença na recuperação econômica do país”, detalha. O Instituto Brasileiro de Planejamento e Tributação aponta que houve crescimento na abertura de empresas de todos os portes, de pequenas a grandes, num investimento ultrapassa R$ 98 bilhões. São Paulo lidera o registro de novos negócios com aumento de 60%, 187 mil empresas, seguido de Minas Gerais com 64 mil e Rio de Janeiro com 46 mil.

*Com informações do repórter Marcelo Mattos