Centros de testes para Covid-19 têm filas no Rio de Janeiro

Somente no posto de atendimento da Barra da Tijuca, o maior da cidade, são cerca de 2 mil atendimentos todos os dias; prefeitura criou mais dois novos pontos

  • Por Jovem Pan
  • 08/01/2022 08h36
Alex de Jesus/Estadão Conteúdo testagem Testagem rápida de Covid-19

A testagem para Covid-19 no Rio de Janeiro aumentou consideravelmente na última semana. No posto de atendimento da Barra da Tijuca, o maior da cidade, são cerca de 2 mil atendimentos todos os dias. Uma estrutura foi criada, com divisão de fila para as pessoas assintomática e uma outra fila para as pessoas sintomáticas. Essas pessoas realizam o teste PCR. Na medida em que o teste dá positivo elas recebem o atendimento médico no mesmo local. Há outros espaços de testagem capital fluminense, totalizando dez postos. Um foi criado na região central, na Cidade Nova, e um posto no Leblon, na zona sul do Rio de Janeiro. Os demais já estavam funcionando. A prefeitura do Rio de Janeiro criou os dois novos postos de testagens para atender toda a demanda da população.

“Eu estou com sintomas de resfriado, tosse, garganta inflamada, espirrando bastante, a gente precisa saber, se está, realmente, com o vírus ou não. Está um pouquinho demorado, mas compensa”, diz a vendedora Mônica Machado. Segundo os especialistas, as festividades do final de ano fizeram com que a transmissão da Covid-19 tivesse um aumento. Há a confirmação de 54 casos da Ômicron no Rio de Janeiro e mais de 200 casos suspeitos estão sendo estudados na capital fluminense. A orientação dos especialista é que as pessoas que não buscaram a vacinação retomem a um dos mais de 280 postos de saúde.

*Com informações do repórter Mateus Koelzer