Depois de deputados, grupo de senadores apresenta novas medidas anti-crime

O pacote prevê a criação do crime de corrupção privada e programas de integridade que analisem o andamento de obras públicas

  • Por Jovem Pan
  • 19/09/2020 08h10
Beto Barata/Agência SenadoEm 2015, procuradores da Lava Jato propuseram 10 medidas de combate à corrupção, mas o pacote foi desfigurado

Senadores vão na linha de deputados e apresentam pacote com nove propostas de combate à corrupção. A medida foi baseada em sugestões de cerca de 300 entidades, como a Transparência Internacional Brasil. Uma das ideias é ampliar o rol de alvos de punição para prática de lavagem de dinheiro, como os partidos políticos. O pacote prevê a criação do crime de corrupção privada e programas de integridade que analisem o andamento de obras públicas. Na semana passada, dia 10, deputados do Novo apresentaram na Câmara propostas semelhantes.

A senadora Soraya Thronicke avalia que o Congresso precisa voltar a discutir o combate à corrupção. “Nós, do Senado, neste momento, estamos votando apenas projetos relacionados ao Covid-19. As outras pautas ficaram escanteadas.” O debate anticorrupção, proposto pelos parlamentares, é uma forma também de prestigiar o trabalho da Lava Jato. Em 2015, procuradores da Lava Jato propuseram 10 medidas de combate à corrupção, mas o pacote foi desfigurado pelo Congresso Nacional.

*Com informações do repórter Afonso Marangoni