Doria quer ‘relação republicana’ com Bolsonaro após troca de farpas sobre combustíveis

Fala foi feita durante o anúncio da retomada das obras da Linha 6-Laranja do Metrô

  • Por Jovem Pan
  • 08/02/2020 08h42
Marcos Corrêa/PRDoria e Bolsonaro tem trocado insultos há alguns meses, mas o clima esquentou recentemente em meio a debate sobre a cobrança de impostos de combustíveis

Após troca de farpas, o governador João Doria afirmou nesta sexta-feira (7) que espera um tratamento “republicano” do presidente Jair Bolsonaro em relação ao Estado de São Paulo. A fala foi feita durante o anúncio da retomada das obras da Linha 6-Laranja do Metrô.

A construção conta com um empréstimo de R$ 1.700 bilhão do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). A Linha 6-Laranja do Metrô terá 15,3 km e ligará a região de Brasilândia e Freguesia do Ó, na Zona Norte, à região central de São Paulo, atendendo mais de 630 mil passageiros por dia. O trajeto será feito em até 23 minutos – atualmente, o tempo médio é de 1h30 por meio de ônibus.

Questionado sobre a possibilidade de as desavenças com o governo federal prejudicarem o andamento das obras e dificultarem o empréstimo do dinheiro, Doria negou. “Temos a convicção de que o presidente Jair Bolsonaro agirá de forma republicana, não pode agir de forma eleitoral, partidária ou ideológica. Isso não se espera de um presidente da República. Um presidente eleito deve governar para todos.”

Doria e Bolsonaro tem trocado insultos há alguns meses, mas o clima esquentou recentemente em meio a debate sobre a cobrança de impostos de combustíveis. Sem entrar em detalhes sobre o rompimento entre ambos, Doria destacou que sua relação com os ministérios da Infraestrutura e da Economia está cada vez melhor.

“Temos uma boa relação com os órgãos de infraestrutura e da área econômica do governo. São várias obras e iniciativas conjuntas na área de infraestrutura, sobretudo rodoviária e ferroviária no Estado, sem nenhuma interrupção e intervenção que possa interromper ou atrasar processos”, disse.

Doria viaja neste fim de semana aos Emirados Árabes Unidos para a inauguração do segundo escritório comercial de São Paulo fora do Brasil. Entre domingo e quarta-feira, o governador participará de eventos e visitará as cidades de Abu Dhabi e Dubai em busca de novos investimentos para o Estado.

* Com informações da repórter Beatriz Manfredini