Duas crianças morrem por dia em consequência da Covid-19 no Brasil

De acordo com o documento divulgado pela Fiocruz, a média de mortes nesta faixa etária ainda se mantém em 2022

  • Por Jovem Pan
  • 28/06/2022 12h14
Pedro de Paula/Estadão Conteúdo mão de bebê Foram cerca de 1,7 mil óbitos de crianças e bebês menores de cinco anos até junho de 2022

Desde o início da pandemia, a Covid-19 matou duas crianças menores de 5 anos por dia no Brasil, o que totaliza cerca de 1,7 mil óbitos nessa faixa etária até junho de 2022. O levantamento foi feito pelo Observa Infância em parceria com a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) e o Instituto de Comunicação e Informação Científica e Tecnológica em Saúde (Icict). De acordo com o documento divulgado pela Fiocruz, a média se mantém em 2022 e a maior incidência de mortes foi verificada na região Nordeste, que registra 43,9% do total. Os dados do levantamento foram coletados no Sistema de Informação sobre Mortalidade (SIM), os quais passaram pela revisão do Ministério da Saúde e das Secretarias Estaduais e Municipais de Saúde.

A análise dos dados consolidados de 2020 e 2021 revelou que crianças de 29 dias a um ano são as mais vulneráveis. O Brasil ainda não vacina crianças abaixo dos cinco anos de idade, mas alguns países como os Estados Unidos, por exemplo, já fazem a imunização desta faixa etária com a vacina da Pfizer. Em nota, a empresa farmacêutica afirmou que prepara a documentação para enviar à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e conseguir o aval para imunizar crianças menores de cinco anos. O Instituto Butantan também já enviou os dados para a Anvisa, que estão em processo de análise. Entretanto, a Coronavac deve imunizar crianças de três a cinco anos caso seja aprovada.

“É preciso celeridade para levar a proteção das vacinas a bebês e crianças, especialmente de seis meses a três anos. A cada dia que passamos sem a vacina para Covid-19 para menores de 5 anos, o Brasil perde duas crianças”, aponta a coordenadora do levantamento Patrícia Boccolini, no comunicado da Fiocruz. Nem todos os países registraram os óbitos por Covid-19 com informações por faixa etária. Até junho deste ano, dados coletados pela Unicef em 91 países mostram que a Covid-19 foi a causa básica de 5.376 mortes. Baseado nestes dados, o Brasil responde por cerca de um em cada cinco mortes de crianças pelo coronavírus.

*Com informações do repórter Bruno Pinheiro