Equador define 2º turno de eleição presidencial após duas semanas de recontagem

Guillermo Lasso irá disputar contra Andrés Arauz no dia 11 de abril

  • Por Jovem Pan
  • 22/02/2021 06h27
Agência EFEO sucessor de Lenin Moreno deve assumir em maio e encontrará um país em dificuldades

Depois de duas semanas de recontagens e controvérsias nas eleições do Equador, o candidato Guillermo Lasso irá disputar o segundo turno contra Andrés Arauz. Após o término de apuração das urnas, os números apontaram que Arauz, candidato de esquerda apadrinhado pelo ex-presidente Rafael Correa, teve 32,7% dos votos. Guilherme Lasso, de centro-direita, garantiu o segundo lugar ao receber 19,74%. Em terceiro ficou o líder indígena Yaku Pérez, com 19,38%.

Lasso comemorou a vitória e disse que a a democracia triunfou. Já o líder indígena alegou fraude para mantê-lo fora da disputa e prometeu recorrer à justiça. O partido de Pérez alega que o anúncio foi feito antes que a recontagem terminasse em diversas províncias. Uma manifestação contra o resultado foi convocada para a terça-feira, 23. O sucessor de Lenin Moreno deve assumir em maio e encontrará um país em dificuldades. O segundo turno está marcado para 11 de abril.

*Com informações da repórter Livia Fernanda