Funcionários da Funai marcam greve para quinta-feira e exigem saída de presidente do órgão

Segundo a associação que representa os trabalhadores do órgão, o objetivo também é cobrar responsabilização dos culpados pelas mortes do indigenista Bruno Pereira e do jornalista britânico Dom Phillips

  • Por Jovem Pan
  • 19/06/2022 08h48 - Atualizado em 19/06/2022 10h52
TIAGO QUEIROZ/ESTADÃO CONTEÚDO Servidores da Funai marcam greve e cobram saída de presidente do órgão, Marcelo Xavier Servidores da Funai marcam greve e cobram saída de presidente do órgão, Marcelo Xavier

Servidores da Fundação Nacional do Índio (Funai) informaram que farão uma paralisação nacional na próxima quinta-feira, 23. A greve deve ocorrer às 10 horas (de Brasília) em todas as unidades da fundação dos Estados e no Distrito Federal. Segundo a associação que representa os trabalhadores do órgão, o objetivo é cobrar responsabilização dos culpados pelas mortes do indigenista Bruno Pereira e do jornalista britânico Dom Phillips, assassinados no Vale do Javari, no Amazonas, ainda no início deste mês. Além disso, eles exigem a saída do presidente da Funai, Marcelo Xavier, nomeado pelo presidente Jair Bolsonaro (PL) ainda em 2019.

*Com informações da repórter Katiuscia Sotomayor