Gilmar Mendes fala sobre desastres na Bahia e diz que agenda deve ser tratada com prioridade

Ministro do STF usou redes sociais para se pronunciar sobre desastre natural que deixou mais de 20 mortos e devastou dezenas de cidades

  • Por Jovem Pan
  • 30/12/2021 08h07 - Atualizado em 30/12/2021 10h29
Camila SOUZA / Bahia State Government / AFP Equipes auxiliam pessoas atingidas por chuvas na Bahia Mais de 20 pessoas morreram até o momento na Bahia

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes escreveu em sua conta no Twitter nesta quarta-feira, 29, que os danos provocados pela chuva na Bahia mostram a necessidade de uma lei de responsabilidade social. “Os desastres na BA reiteram a importância de termos uma lei de responsabilidade social com métricas objetivas de atenção básica às comunidades em áreas de risco e um regime claro de responsabilidade dos gestores públicos. É hora de tratar essa agenda com prioridade”, afirmou. Desde o fim de novembro, várias cidades sofrem com chuvas e enchentes na região. Até agora, a superintendência de proteção e Defesa Civil da Bahia já contabilizou mais de 20 mortes com 470 mil moradores de diversas regiões afetadas pelo desastre ambiental. O magistrado quer urgência na discussão, que segundo ele é essencial ao país para tentar minimizar os danos provocados por tragédias semelhantes.

*Com informações do repórter Daniel Lian