Governo libera mais R$ 104 milhões para cidades afetadas pelas chuvas na Bahia

Segundo a Defesa Civil, 27 pessoas morreram e 523 ficaram feridas em decorrência das enchentes, que afetaram mais de 130 municípios do Estado

  • Por Jovem Pan
  • 20/01/2022 07h51
FáTIMA MEIRA/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO - 19/01/2022 Os ministros Marcelo Queiroga e João Roma durante cerimônia de assinatura da Portaria de apoio aos municípios da Bahia em situação de emergência ou estado de calamidade pública, em decorrência das chuvas, Recursos enviados pela Saúde e Cidadania serão investidos na recuperação de postos e Unidades Básicas de Atendimento

O Governo Federal vai repassar mais de R$ 104 milhões a 105 municípios da Bahia afetados pelas chuvas das últimas semanas. Segundo o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, os recursos serão investidos na recuperação de postos e Unidades Básicas de Atendimento. “O primeiro ponto é atender a necessidade das pessoas que sofrem em consequência do desastre natural. A Cidadania e a Saúde são os dois braços sociais do governo e, por isso, nós sempre estamos juntos. Temos que dar assistência àqueles que precisam e depois temos que reconstruir o que foi destruído pelas chuvas. As estradas, as casas de cada um dos nossos irmãos brasileiros que ficaram desalojados, que ficaram desabrigados”, disse o ministro.

Desde o início das enchentes, 182 novos profissionais foram enviados para à Bahia para atender os atingidos. De acordo com o Ministério da Saúde, ao longo de 2022, o número de profissionais vai aumentar conforme novos médicos foram selecionados pelo programa Mais Médicos. O ministro da Cidadania, João Roma, garantiu que os baianos podem contar com o governo federal. “O que ocorreu na Bahia nesse final do mês de dezembro foi uma calamidade de grandes proporções, tanto que chega a uma área de mais de 600 quilômetros dentro das cidades que estão em calamidades. Então é uma vasta extensão. Uma coisa é quando há uma calamidade, um rompimento, em um município. Outra coisa é quando superam mais de 130 municípios, como é o caso da Bahia, e se estendem em outros Estados, como Piauí e o Tocantins”, explicou Roma. Conforme informações da Defesa Civil, 27 pessoas morreram e 523 ficaram feridas em decorrência das fortes chuvas e enchentes na Bahia.

*Com informações da repórter Iasmin Costa