Governo vai antecipar pagamento do 13º salário e abono salarial

A proposta é que a primeira parcela do repasse aconteça em fevereiro

  • Por Jovem Pan
  • 13/01/2021 07h13 - Atualizado em 13/01/2021 12h37
Moeda Nacional, Real, Dinheiro, notas de real

O governo federal vai antecipar para o início deste ano o pagamento do 13º salário de aposentados e pensionistas, além do abono salarial. O pagamento da primeira parcela deve acontecer em fevereiro, enquanto a segunda parcela será paga em março. A proposta de antecipação considera os impactos negativos da Covid-19 e do fim do auxílio emergencial na economia brasileira. A avaliação é que a equipe econômica do governo já teria aprovado o pagamento antecipado, uma vez que o valor já consta no orçamento de 2021.

No ano passado, o governo cogitou criar um novo programa social, o Renda Brasil, que seria a marca da administração de Jair Bolsonaro. Entretanto, agora, a sinalização é que o próprio Bolsa Família seja ampliado ou, até mesmo, reformulado. O presidente tem afirmado que não há como retomar, como vem sendo pedido, o pagamento do auxílio emergencial. Por isso, ele defende a necessidade de evitar novos períodos de quarentena que possam impactar o comércio e levar ao fechamento das cidades. “Pessoal criticando alguns prefeitos que estão fechando tudo, ué? Mas o cara já fechava, reelegeu o cara, quer o quê? Ele acha, na cabeça dele, que isso é melhor para o seu município, mas a economia vai embora”, disse.

Nesta terça-feira, 12, o presidente Jair Bolsonaro sancionou o projeto que cria o programa “Casa Verde e Amarela”, que pretende, na prática, substituir o “Minha Casa Minha Vida”. A ideia é que projeto beneficie famílias com renda mensal de até R$ 7 mil nas áreas urbanas. O presidente vetou, no entanto, por recomendação da área técnica, a extensão de benefício fiscal que as construtoras tinham no programa anterior.

*Com informações da repórter Luciana Verdolin