Imunidade de rebanho foi atingida nas periferias de SP, diz secretário

Já foram aplicadas mais de 200 multas por falta de uso de máscara; taxas de ocupação dos leitos de UTI, tanto no Estado quanto na capital, estão estáveis em 55%

  • Por Jovem Pan
  • 22/08/2020 10h30
Reprodução/Jovem PanGoverno ainda irá organizar uma testagem em massa nas áreas afastadas do centro para comprovar a imunidade dos moradores

O secretário de Saúde do estado de São Paulo, Jean Gorinchteyn, disse nesta sexta-feira, 21, que a imunidade de rebanho da Covid-19 só foi alcançada nas periferias da cidade. Em entrevista à Jovem Pan, Gorinchteyn afirmou, no entanto, que o governo ainda irá organizar uma testagem em massa nas áreas afastadas do centro para comprovar a imunidade dos moradores. “A gente sempre aprendeu, para as outras doenças, que a imunidade de rebanho era uma proteção em 70%, 60%. Percebemos, pelos trabalhos que são feitos, que talvez seja muito menor para a Covid-19, talvez 40%. Nós temos algumas regiões, principalmente periféricas, em que essa imunidade foi atingida, principalmente em comunidades, onde a circulação do vírus é muito maior pela condição social, as pessoas se aglomeram mais, e não tem como fazer distanciamento”, destacou.

Apesar do frio na capital paulista, o governo de São Paulo intensificou a fiscalização do uso de máscaras e o respeito ao isolamento social em bares e restaurantes. No final de semana passado, pessoas se aglomeraram sem máscara em vários bares da cidade, principalmente na Vila Madalena, na zona oeste. Mas, nessa sexta, primeiro dia em que os estabelecimentos puderam funcionar por até oito horas, os bares e restaurantes da cidade estavam vazios.

Ao todo, mais de 24 mil estabelecimentos foram inspecionados pelo governo nas últimas semanas. O Estado de São Paulo registrou mais de 28 mil pessoas mortas pela Covid-19 e 735 mil contaminados. As taxas de ocupação dos leitos de UTI, tanto no Estado quanto na capital, estão estáveis em 55%. Segundo o secretário de Saúde do estado, Jean Gorinchteyn, a doença está sob controle no estado. “88% dos municípios estão na Fase Amarela. Mesmo aqueles que estavam na Zona Vermelha, que era Vale do Ribeira e Franca, já estão na Fase Laranja. Temos um controle de número de casos de ocupação de leitos de UTI, número de mortes em queda não só no município, mas também em todo o estado de forma geral. Dessa maneira estamos já inflexionando, nós não estamos mais vivenciando o platô que vivemos no município de SP, e o estado de SP já está esboçando a mesma tendência, mostrando que conseguimos controlar a pandemia no nosso meio”, afirmou

No último mês, segundo a secretaria de Saúde, foram aplicadas 202 multas pela falta de uso ou utilização incorreta das máscaras de proteção. A diretora da Vigilância Sanitária Estadual, Maria Cristina Megid, disse que uma empresa chegou a levar uma multa de R$ 40 mil. “Essa semana nós tivemos um lugar que a multa foi em torno de R$ 40 mil, tinham oito pessoas que estavam expostas, e era uma empresa de telemarketing, onde as pessoas estavam muito próximas umas das outras. Também estamos trabalhando com denúncias e autuando aglomerações”, completou.

* Com informações do repórter Leonardo Martins