Itália aprova redução do número de parlamentares

A mudança passa a valer na próxima legislatura; com a decisão, o número de senadores vai diminuir de 315 para 200 e o de deputados de 630 para 400 no país

  • Por Jovem Pan
  • 22/09/2020 06h45 - Atualizado em 22/09/2020 07h58
Roberto Monaldo/Estadão ConteúdoA votação começou na manhã de domingo, 20, e terminou na segunda-feira, 21, respeitando um rígido protocolo de segurança

A Itália tem o segundo maior parlamento da Europa. Entretanto, o número de senadores vai diminuir de 315 para 200 e o de deputados de 630 para 400, após decisão tomada por meio de referendo popular, que convocou os quase 47 milhões de italianos para votar a proposta do Movimento Populista 5 estrelas. A mudança passa a valer na próxima legislatura. A votação começou na manhã de domingo, 20, e terminou na segunda-feira, 21, respeitando um rígido protocolo de segurança devido ao aumento de casos do coronavírus nas últimas semanas no país. Também foram eleitos os novos prefeitos dos mais de 1.000 municípios e os governadores de sete regiões do país. Tanto candidatos da extrema direita e da esquerda tiveram bons resultados, segundo a boca de urna. Analistas dizem que os resultados eleitorais devem afetar a estabilidade do governo.

*Com informações da repórter Caterina Achutti