Justiça do Rio de Janeiro proíbe greve de caminhoneiros na BR 101

Caso a decisão não seja cumprida pela categoria, a multa prevista é de mil reais por hora

  • Por Jovem Pan
  • 01/02/2021 08h20 - Atualizado em 01/02/2021 08h23
BRUNO ROCHA/ENQUADRAR/ESTADÃO CONTEÚDOA decisão impede que os caminhoneiros, que ameaçam uma greve nacional nesta segunda-feira, 01, façam bloqueios totais ou parciais na BR 101

Os caminhoneiros do Rio de Janeiro estão proibidos pela Justiça de fazer bloqueios e greve em uma importante rodovia do estado. A decisão foi tomada no plantão judicial neste final de semana pela juíza federal Itália Maria Zimardi Areas Poppe Bertozzi, titular da 24ª Vara Federal da capital fluminense. Ela está proibindo que os caminhoneiros, que ameaçam uma greve nacional nesta segunda-feira, 01, façam bloqueios totais ou parciais na BR 101, uma rodovia importante que começa no Rio de Janeiro e vai até o Espírito Santo. Faz parte da concessão da BR 101 a ponte Ponte Rio-Niterói, que faz a ligação entre as duas cidades mais relevantes do estado. De acordo decisão foi proferida pela juíza Itália Maria Zimardi Areas Poppe Bertozzi, caso a determinação não seja cumprida pelo caminheiros, a multa prevista é de R$ 1.000 por hora. A classe tem se articulado para deflagar uma eventual greve, que tem como principal pauta as altas sucessíveis no preço do óleo diesel.

*Com informações do repórter Rodrigo Viga