Moro diz que ambição pessoal de alguns impede união da terceira via

O ex-juiz ainda afirmou que decidiu entrar para a política porque não viu alguém com capacidade de derrotar Lula e Bolsonaro

  • Por Jovem Pan
  • 06/02/2022 11h31
Reprodução/YouTube/CNN Brasil Moro fala à imprensa ao lado da bancada do Podemos Ex-juiz e ministro da Justiça Sergio Moro

Apontado como um dos principais nomes da terceira via, o pré-candidato à presidência da República Sergio Moro (Podemos) sinalizou que ambições pessoais têm atrapalhado os candidatos a formarem uma aliança. Moro também disse que, para o projeto que está construindo, é mais importante o envolvimento com movimentos da sociedade civil, como o MBL e o Vem Pra Rua, do que o apoio de partidos políticos. As afirmações d0 ex-juiz foram feitas durante uma entrevista a uma rádio do Ceará. Moro também disse que decidiu fazer parte da política porque não viu alguém com capacidade de derrotar Lula e Bolsonaro e que, após a decisão de se tornar candidato, passou a construir um projeto de partilha do poder entre as pessoas. Ainda segundo ele, esse projeto não vai fazer como Lula fez no Mensalão e no Petrolão ou Bolsonaro com o orçamento secreto.

*Com informações da repórter Iasmin Costa