Mourão: Governo busca investidores para extração sustentável de insumos na Amazônia

O chefe do Conselho da Amazônia defende a exploração da biodiversidade local

  • Por Jovem Pan
  • 22/10/2020 09h18
Flickr/Palácio do PlanaltoO vice-presidente participou da semana verde do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social  (BNDES)

O vice-presidente da República, general Hamilton Mourão, deseja atrair investidores para projetos na Amazônia. “Sejam eles nacionais ou internacionais para que aportem seus recursos em projetos dessa natureza e, mais ainda, que as indústrias que vão produzir com base nesses insumos estejam realizadas na Amazônia.” Em um momento e grande repercussão mundial sobre as queimadas e avanço do desmatamento, o chefe do Conselho da Amazônia Legal defende a exploração da biodiversidade local.

“Produzir insumos que atendam a indústria farmacêutica, a indústria de cosméticos, a indústria de alimentos. Então para isso é necessário, mapeadas as cadeias de valor, os nossos investidores coloquem seus recursos em projetos dessa natureza”, afirma. O vice-presidente participou da semana verde do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social  (BNDES). Hamilton Mourão considera que o modelo irá melhorar a vida das populações locais com infraestrutura, logística, portos e aeroportos, principalmente no atendimento das pequenas cidades.

*Com informações do repórter Marcelo Mattos