Na lista dos mais procurados, principal ladrão de bancos do PCC é preso em SP

Condenado por um roubo a banco em 1992, ele chegou a ser preso na época

  • Por Jovem Pan
  • 18/09/2020 06h17 - Atualizado em 18/09/2020 08h14
ReproduçãoA ficha criminal de Zequinha é extensa e, até ontem, estava foragido da Justiça

A Polícia Civil de São Paulo prendeu um dos criminosos mais procurados do Brasil nesta quinta-feira (16). Luciano Castro de Oliveira, conhecido como Zequinha, é considera o principal ladrão de bancos da facção criminosa PCC e foi encontrado em uma chácara na cidade de Tejupá, no interior de São Paulo. Ele estava na lista do Ministério da Justiça dos bandidos mais procurados do país. Condenado por um roubo a banco em 1992, ele chegou a ser preso — mas foi solto dois anos depois por um indulto presidencial assinado pelo então presidente Itamar Franco.

A ficha criminal de Zequinha é extensa e, até ontem, estava foragido da Justiça. Segundo o delegado Rubens Cesar Garcia, o criminoso preparava esquemas refinados de assaltos a banco e a carros-fortes no Brasil e até no Paraguai. O delegado conta que os policiais encontraram muito dinheiro no esconderijo de Zequinha. Também foram apreendidos três celulares e um notebook. Luciano Castro de Oliveira foi levado a uma penitenciária de segurança máxima em Avaré, no interior paulista.

*Com informações do repórter Leonardo Martins