Polícia aperta o cerco a bares e restaurantes de Paris atrás de passaporte sanitário

Agentes franceses fazem fiscalizações para verificar se os estabelecimentos estão exigindo o comprovante de vacinação contra a Covid-19 dos clientes; lei entrou em vigor na segunda-feira

  • Por Jovem Pan
  • 13/08/2021 07h34
Reprodução / Twitter @PoliceNat78Polícia está fazendo batidas nos restaurantes de Paris para verificar se bares e restaurantes estão pedindo o documento

A polícia da França está fazendo batidas nos restaurantes de Paris para verificar se bares e restaurantes estão pedindo o comprovante de vacinação aos clientes, que consiste em um QR Code que pode ser baixado no celular. A lei começou a valer na segunda-feira, 9, quando parte do comércio voltou a funcionar. O governo espera que mais pessoas procurem os postos de imunização. Para embarcar nos trens interurbanos também é preciso provar a vacinação. Pode usar o passe quem tomou a vacina, fez um teste de vírus negativo recentemente ou se recuperou da Covid-19. Comerciantes se queixam porque alguns clientes resistem a apresentar o passe e não podem ser servidos. Há três semanas, o passaporte sanitário já era exigido em cinemas e museus. Milhares de pessoas fizeram manifestações nas ruas de Paris nas últimas semanas, elas reclamam que a exigência de autorização fere direitos individuais.

*Com informações da repórter Elisângela Almeida