SP: Polícia Civil desarticula esquema de fraude de cartões bancários

Segundo o delegado Luiz Fernando Aires, a maioria das vítimas eram idosos; ao todo, cinco pessoas foram presas

  • Por Jovem Pan
  • 10/09/2020 07h16 - Atualizado em 10/09/2020 08h09
Marcos Santos/USP IMAGENSA polícia está em contato com as administradoras das máquinas de cartão para ter acesso ao valor total movimentado pela quadrilha

A Polícia Civil de São Paulo prendeu uma quadrilha especializada em golpes no cartão de crédito. O esquema era sofisticado. Um dos criminosos ligava para a vítima se passando por atendente de um banco, dizendo que o cartão havia sido clonado. Em seguida, o bandido pedia que a pessoa desligasse e ligasse para o número no verso do próprio cartão. Segundo o delegado Luiz Fernando Aires, era quando a fraude ocorria.  “O atendente, se identificando como funcionário da instituição financeira, para dar uma credibilidade maior da fraude, orienta que a vítima faça uma ligação para o número constante no verso do cartão. Só que com a utilização de um programa computadorizado, o atendente segura a ligação telefônica da vítima e ele mesmo recebe a ligação supostamente efetuada por ela. Eles orientavam que a vítima cortasse o cartão, preservando o chip e informavam que um motoboy vai buscar o cartão na residência da vítima. Feito isso, eles pedem que a pessoa digite a senha do cartão no teclado numérico do aparelho de telefone”, explica. O delegado diz que a maioria das vítimas eram idosos. Ao todo, cinco pessoas foram presas.  A polícia está em contato com as administradoras das máquinas de cartão para ter acesso ao valor total movimentado pela quadrilha.

*Com informações do repórter Leonardo Martins