Polícia Civil de São Paulo deflagra operação contra estelionatários

Os policiais apreenderam R$ 150 mil, além de computadores e celulares

  • Por Jovem Pan
  • 02/09/2020 07h13 - Atualizado em 02/09/2020 08h14
Agência BrasilNos desdobramentos das investigações foram identificados outros crimes, como lavagem de dinheiro, contrabando e a venda de testes de Covid-19 sem autorização

Duas foram presas suspeitas de envolvimento em um esquema de fraudes contra cartórios na Grande São Paulo. A Polícia Civil também cumpriu 19 mandados de busca e apreensão em São Paulo, Atibaia e Bragança Paulista nesta terça-feira, 1. Os envolvidos no esquema falsificavam documentos que depois seriam usados em contratos falsos de locação. O investigador do quarto DP de Guarulhos, Joao Batista Pires Blazi, diz que as vítimas apareciam como fiadoras dessas negociações sem saber. “A rigor os chefe da quadrilha atraiam laranjas, que eram pessoas que também tinham proveito da prática desses crimes, e as convenciam a irem em cartórios reconhecer seus próprios documentos por autenticação. Feito isso, em psose dessas cópias, eles removiam o selo e com esse selo eles praticavam crimes diversos, locavam imóveis”, explica. Nos desdobramentos das investigações foram identificados outros crimes, como lavagem de dinheiro, contrabando e a venda de testes de Covid-19 sem autorização. Nas buscas, os policiais apreenderam R$ 150 mil, além de computadores e celulares.

*Com informações do repórter Victor Moraes