Polícia do RJ apreende material inédito do cantor Renato Russo

Cantor e compositor morreu em 1996; filho para resgatar parte da obra do pai

  • Por Jovem Pan
  • 10/12/2020 06h30
Tasso Marcelo/Estadão Conteúdo - 23/11/93Esse material apreendido vai ser entregue ao herdeiro do cantor, Giuliano Manfredini

Novas obras supostamente inéditas do cantor e compositor Renato Russo foram apreendidas pela polícia fluminense nesta quarta-feira, 9, em mais uma operação para tentar recuperar o acervo do líder da banda Legião Urbana. Em um deposito em Cordovil, na zona norte do Rio de Janeiro, os agente da Polícia Civil encontraram 91 fitas do artistas — dquelas antigas, do tipo cassete. No material coletado haveria obras inéditas de Renato Russo, que comandou durante anos o Legião Urbana. Esse material apreendido vai ser entregue ao herdeiro do cantor, Giuliano Manfredini.

A operação foi nomeada de Tempo Perdido, uma das músicas de maior sucesso do grupo. Em outubro deste ano, foi realizada uma outra operação — a Será. Naquela ocasião, também foram apreendidas obras supostamente inéditas que estavam com produtores musicais que trabalharam em vida com Renato Russo. Na primeira operação, foram encontrados CDs, HDs e até um computador. Mas os produtores musicais envolvidos no caso negaram que o material se tratava de obra inédita. O cantor e compositor Renato Russo morreu em 1996 e o filho dele luta para resgatar parte da obra do pai.

*Com informações do repórter Rodrigo Viga