Polícia identifica um dos sequestradores de helicóptero no Rio de Janeiro

Exames de impressão digital apontam o primeiro criminoso envolvido na ação, que tinha como objetivo resgatar um detento do presídio Vicente Piragibe, localizado no Complexo de Bangu

  • Por Jovem Pan
  • 21/09/2021 06h38 - Atualizado em 21/09/2021 08h59
Reprodução/Twitter/@rmotta2A Polícia Civil ainda aguarda o resultado dos exames de impressão digital para identificar o segundo criminoso

A polícia já identificou um dos responsáveis pelo sequestro de um helicóptero pilotado por um agente da Polícia Civil do Rio de Janeiro. A identificação aconteceu após exames de impressão digital, que apontaram o primeiro criminoso envolvido, que faz parte do Comando Vermelho. O objetivo da ação era resgatar um detento no presídio Vicente Piragibe, localizado no Complexo de Bangu, zona oeste da capital fluminense. O piloto Adonis Lopes, com mais de 30 anos de experiência em pilotagem na Polícia Civil, quase perdeu o controle da aeronave. Ele chegou a dar giros sobre a sede de um batalhão da Polícia Militar para impedir que o helicóptero fosse usado pelos criminosos. Após luta corporal contra os sequestradores, o piloto conseguiu enviar um sinal ao Centro de Controle Aéreo notificando que a aeronave havia sido sequestrada. A Polícia Civil ainda aguarda o resultado dos exames de impressão digital para identificar o segundo criminoso que participou da ação. Ele também faria parte do Comando Vermelho, principal facção do Rio de Janeiro.

*Com informações do repórter Rodrigo Viga