Polícia prende estudante de veterinária suspeito de criar cobras e lagartos em SP

Segundo a Polícia Civil, o jovem foi autuado por crime ambiental e liberado

  • Por Jovem Pan
  • 17/09/2020 05h59 - Atualizado em 17/09/2020 08h17
PixabaySegundo a Polícia Civil, os bichos eram mantidos sem as devidas licenças de órgãos ambientais

A Polícia Civil de São Paulo prendeu um estudante de veterinária que armazenava animais silvestres em casa. O jovem de 20 anos foi detido em flagrante nesta quarta-feira, 16, na zona norte da capital. A suspeita é que ele vendia os bichos ilegalmente. Na residência, policiais encontraram oito animais exóticos, entre eles cobras, lagartos e Lagartixas-leopardo. Segundo a Polícia Civil, os bichos eram mantidos sem as devidas licenças de órgãos ambientais. Por se tratar de crime de menor potencial ofensivo, segundo a polícia, os fatos foram registrados por meio de um termo circunstanciado. O jovem foi autuado por crime ambiental e liberado.

*Com informações do repórter Leonardo Martins