Policiais militares salvam empresário de sequestro-relâmpago na Grande SP

Intenção da quadrilha era que a vítima fizesse transferências pelo Pix, o sistema de pagamentos instantâneos

  • Por Jovem Pan
  • 04/09/2021 11h20
WILLIAN MOREIRA/ESTADÃO CONTEÚDOArmas que estavam com a quadrilha foram apreendidas e os dois sequestradores foram autuados em flagrante

Um empresário viveu momentos de terror com de três sequestradores em Mauá, na Grande São Paulo. Ele foi sequestrado quando chegava na empresa que trabalha, que atua no ramo de combustíveis. A ação dos criminosos foi registrada por câmeras de segurança. A vítima, que pediu para não ser identificada, disse que os bandidos tinham informações privilegiadas. “Eles falaram que sabiam quem eram meus filhos, falaram o nome deles, da minha mulher. Falaram que eu perdi meu pai esse ano e realmente perdi, que era uma referência da minha vida. Fiquei em choque, pensei que ia morrer”, conta. A intenção dos criminosos era que a vítima fizesse transferências pelo Pix, mas a ação foi interrompida pela Polícia Militar, que suspeitou ao ver os quatro integrantes do carro. “A gente notou certo nervosismo nos indivíduos e decidimos abordar eles”, relata um dos agentes. A perseguição durou poucos minutos e terminou em São Paulo, onde o motorista do veículo conseguiu fugir. As armas que estavam com a quadrilha foram apreendidas e os dois sequestradores foram autuados em flagrante. O empresário foi libertado sem ferimentos.

*Com informações do repórter Paulo Edson Fiore