Produção de veículos recua 21% em setembro, diz Anfavea

Perspectiva é de crescimento pequeno no ano, de 6% a 10%

  • Por Jovem Pan
  • 07/10/2021 11h22 - Atualizado em 07/10/2021 16h38
Governo do Estado do Rio de Janeiro/Divulgação/05.04.2017Falta de peças diminuiu produção de carros no Brasil

A produção de veículos recuou 21% em setembro em relação ao mesmo mês do ano passado em um reflexo da falta de peças nas fábricas. O presidente da Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea), Luiz Carlos Moraes, refaz as projeções para baixo e lamenta não poder atender a demanda dos consumidores. “O setor automotivo, infelizmente, vai ter um crescimento pequeno em termos de produção, de 6% a 10%. E isso tem um impacto em toda a cadeia de produção e no PIB do Brasil. Temos que observar isso no fechamento do PIB. Nossa indústria tem uma relevância muito grande no PIB industrial e no PIB do país. Infelizmente teremos uma retomada muito menor do que a que nós gostaríamos para este ano”, afirma. No mês de setembro, o setor fabricou 173 mil carros comerciais leves, caminhões e ônibus. No ano passado, marcado pela pandemia, a indústria produziu dois milhões de veículos e esperava atingir 2,5 milhões em 2021. No acumulado do ano, o resultado é 24% superior aos nove primeiros meses de 2020. A normalização da cadeia produtiva é esperada para o segundo semestre de 2022.

*Com informações do repórter Marcelo Mattos