Receita apreende quase 3 toneladas de cocaína no Porto de Santos

A apreensão é a maior já registrada pela entidade no local; ao todo, são 20,5 toneladas da droga apreendidas em 2020

  • Por Jovem Pan
  • 23/12/2020 06h42 - Atualizado em 23/12/2020 08h55
Amanda Perobelli/ReutersNeste ano, a Receita Federal apreendeu mais de 20,5 toneladas de cocaína no Porto de Santos em 49 apreensões

A Receita Federal apreendeu nesta terça-feira, 22, quase três toneladas de cocaína no Porto de Santos. Equipes da alfândega estavam em ação de rotina, quando encontraram 2.932 quilos da droga escondidos em uma carga de exportação. A apreensão é a maior já registrada pela Receita no local – essa é a primeira vez que mais de duas toneladas de droga são apreendidas em uma só carga. A cocaína estava cuidadosamente oculta em um carregamento de bobinas de alumínio, que tinham como destino o Porto de Roterdã, na Holanda. A carga foi selecionada para conferência por conta de critérios objetivos de análise de risco. Na inspeção, o cão farejador da Receita Federal sinalizou positivamente para a presença de drogas. A Polícia Federal recebeu as drogas e prosseguirá com as investigações. Ninguém foi preso. Neste ano, a Receita apreendeu mais de 20,5 toneladas de cocaína no Porto de Santos em 49 apreensões. Os criminosos têm usado contêineres que seriam enviados para a Europa com cargas variadas, como sucata, óleo, limão, farinha, papel, tripas de carne, açúcar, café e máquinas. Até mesmo a estrutura dos contêineres e outros equipamentos são usados para ocultar entorpecentes.

*Com informações do repórter Fernando Martins