Rio adota novas medidas a partir desta quarta para conter volta da Covid-19

Capital fluminense vai iniciar a aplicação da terceira dose da vacina em idosos internados em instituição de longa permanência; município também torna obrigatório o passaporte sanitário

  • Por Jovem Pan
  • 31/08/2021 06h50 - Atualizado em 31/08/2021 09h45
EFE/EPA/JAGADEESH NVProposta é que a partir do dia 13 de setembro o reforço vacinal seja aplicado de forma escalonada, começando com pessoas de 95 anos ou mais

A cidade do Rio de Janeiro vai adotar novas medidas de enfrentamento à Covid-19. A partir desta quarta-feira, 1º, a capital fluminense deve iniciar a aplicação da terceira dose da vacina em idosos que estão internados em instituição de longa permanência. A proposta é que a partir do dia 13 de setembro o reforço vacinal seja aplicado de forma escalonada, começando com pessoas de 95 anos ou mais e chegando, em outubro, para pessoas com 60 anos ou mais. Outra medida que vai ser adotada no Rio a partir desta quarta é a obrigatoriedade de apresentação do passaporte da vacina para acesso e permanência em locais de uso coletivo. Cálculos apontam que 300 mil não tomaram a primeira dose e outras 200 mil não tomaram a segunda dose. As medidas são vistas como ações de enfrentamento à pandemia, especialmente após a cidade se tornar o epicentro da variante Delta no Brasil.

*Com informações do repórter Rodrigo Viga