Brasil registra menor média móvel de mortes por Covid-19 de 2021

Em 24 horas, foram contabilizadas 266 mortes e 10.466 novos casos da doença; diminuição da média ocorre em meio ao avanço da vacinação no país

  • Por Jovem Pan
  • 30/08/2021 21h07 - Atualizado em 30/08/2021 21h24
YURI MURAKAMI/FOTOARENA/ESTADÃO CONTEÚDONeste domingo, o país atingiu a marca de 80% dos adultos imunizados com pelo menos uma dose

Nas últimas 24 horas, o Brasil teve 266 mortes e 10.466 casos de Covid-19, fazendo com que o total de vítimas fatais fosse para 579.574, além de 20.752.281 infectados pelo novo coronavírus. O país também registrou a média móvel de mortes de 675, sendo a menor já contabilizada em 2021. O maior valor foi registrado em 12 de abril, quando a média chegou a 3.124. Em números absolutos, São Paulo é o Estado mais atingido, com 4 milhões de casos e 145 mil óbitos registrados até o momento. Os dados foram divulgados pelo Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) através de atualização feita às 18h desta segunda-feira, 30.

A diminuição da média de mortes ocorre em meio ao avanço da vacinação no país. O Ministério da Saúde estima distribuir até o dia 15 de setembro vacinas suficientes para aplicar a primeira dose em toda a população adulta. Segundo a pasta, 32 milhões de brasileiros maiores de 18 anos ainda não receberam o imunizante. Neste domingo, o país atingiu a marca de 80% do grupo imunizado com pelo menos uma dose — ou seja, 128 milhões de brasileiros. Ao todo, 35% da população adulta está com o esquema vacinal completo. Ao longo dessa semana, 3 milhões de imunizantes serão distribuídos para aplicação da segunda dose. A pasta recebeu mais 2 milhões de vacinas da Pfizer. Nesta segunda-feira, 30, o Instituto Butantan também entregou uma nova remessa ao Programa Nacional de Imunização.