Rio de Janeiro entra em alerta por causa da varíola dos macacos

Estado é o segundo do país com mais ocorrências com cerca de 170 casos oficiais da doença e fica atrás apenas de São Paulo

  • Por Jovem Pan
  • 03/08/2022 11h22
REUTERS/Dado Ruvic/Illustration varíola dos macacos Tubos de ensaio rotulados como "positivo para o vírus Monkeypox", que provoca a varíola dos macacos

A Secretaria de Saúde do Rio de Janeiro está emitindo alertas para a rede médica do Estado e também para a população com relação à varíola dos macacos. O Estado, que é o segundo do país com mais ocorrências, tem cerca de 170 casos oficiais da doença e fica atrás apenas de São Paulo. O alerta para a rede de saúde visa acelerar e dinamizar os diagnósticos de pacientes infectados. O alerta para a população tem como objetivo chamar a atenção para os sintomas mais típicos e frequentes dessa doença, que são dor muscular, dor de cabeça, inchaço nos gânglios, fraqueza e erupções na pele. O Rio de Janeiro espera a chegada de vacinas contra a doença nas próximas semanas. O Estado, segundo apurou a Jovem Pan News, tê m a informação de que o Governo Federal teria feito uma espécie de reserva para comprar a vacina. Essa reserva seria de 50 mil doses e não há prazo para que essa compra seja consumada e quando essas doses poderiam chegar ao país e serem distribuídas. A doença já circula internamente no Estado do Rio de Janeiro e a Organização Mundial da Saúde apontou que a situação merece atenção global, e que o cenário é preocupante no Brasil.

*Com informações do repórter Rodrigo Viga