Ronnie Von lamenta morte de Jô Soares: ‘Todos nós estamos órfãos’

Ex-apresentador estava internado no Hospital Sírio-Libanês devido ao tratamento de uma pneumonia; corpo do humorista será velado em Mauá, cidade situada na região metropolitana de São Paulo

  • Por Jovem Pan
  • 06/08/2022 07h48
TIAGO QUEIROZ / ESTADÃO CONTEÚDO Jô Soares Jô Soares morreu aos 84 anos de idade devido a uma pneumonia

Após a morte do apresentador Jô Soares, na última sexta-feira, 5, o apresentador Ronnie Von concedeu uma entrevista à Jovem Pan e comentou sobre a partida do amigo. Ronnie afirmou que sabia do estado de saúde do humorista, que a “ficha não caiu” sobre seu óbito e relembrou o início da amizade de ambos, que começou em 1967. “Ele me foi apresentado pelo Nilton Travesso, que era nosso querido amigo, nós o convidamos para participar do meu programa especial”, contou. Segundo o também apresentador, uma das maiores características de Jô era sua habilidade em fazer as pessoas rirem, já que, na sua visão, trata-se de algo muito mais complexo do que fazer o próximo chorar. “Uma coisa que eu achei, de uma certa dose de coragem, foi ele ter largado essa coisa que o caracterizada como humorista, e partir para uma coisa mais informativa e cultural. Uma vez que, sabemos, informação e cultura jamais foram prioridades em nosso país. Acho que todos nós hoje estamos órfãos exatamente por isso. Não se valoriza mais as coisas com densidade de informação e de cultura”, opinou. A última vez que ambos se encontraram, segundo Ronnie, foi na casa de Jô. A intenção do encontro era de realizar uma entrevista às avessas, onde Jô seria entrevistado. No fim da ação, porém, Ronnie confessou à sua esposa que ficou preocupado com o estado de saúde do amigo. “Falei com minha mulher que estava achando que o Jô não ia muito longe”, contou.