Roubo de passarinho pode ter motivado sumiço de meninos em Belford Roxo

Segundo a investigação, o possível furto teria sido suficiente para os traficantes darem um ‘corretivo’ nos menores; os meninos desapareceram no fim de dezembro após sairem para jogar futebol

  • Por Jovem Pan
  • 22/05/2021 09h03 - Atualizado em 22/05/2021 11h24
ESTEFAN RADOVICZ/AGÊNCIA O DIA/ESTADÃO CONTEÚDO- 21/05/2021Pelo menos 16 suspeitos de integrarem o "Tribunal do Tráfico" foram detidos pela polícia em Belford Roxo

O roubo de um pássaro pode ter sido a causa para o desaparecimento e a provável morte de três crianças moradoras de uma favela na cidade de Belford Roxo, na Região Metropolitana do Rio de Janeiro, há cinco meses. Fernando Henrique Ribeiro Soares, de 11 anos, Alexandre da Silva, de 10 anos, e Lucas Matheus da Silva, de 8, sumiram após saírem para jogar bola em um campo de futebol na comunidade no dia 27 de dezembro de 2020. É com essa linha de investigação que trabalha a Polícia Civil, que está a frente desta apuração. Ao longo dos últimos cinco meses, houve poucas notícias e informações, mas essa linha ganhou força nas últimas horas quando a Polícia do Rio realizou uma grande operação na comunidade do Castelar, bem perto do local onde moravam as três crianças. A suspeita da instituição fluminense é que os meninos teriam tentado roubar um passarinho em uma área controlada pelo tráfico de drogas. O roubo teria sido suficiente para os traficantes darem um corretivo nas crianças que até hoje sumiram, e há a grande chance de terem sido executados pelo “tribunal do tráfico”. Na operação da sexta-feira, 21, pelo menos 16 suspeitos foram detidos pela polícia em Belford Roxo. A instituição alegou que não vai descansar até esclarecer o desaparecimento das três crianças.

*Com informações do repórter Rodrigo Viga