Salles critica DiCaprio e diz que só aceita palpite de quem ‘coloca a mão no bolso’

Leonardo DiCaprio criticou a gestão do presidente Jair Bolsonaro e o desmatamento na Amazônia

  • Por Jovem Pan
  • 19/08/2020 09h53 - Atualizado em 19/08/2020 10h03
Fátima Meira/Estadão ConteúdoRicardo Salles afirmou que o Adote Um Parque está prestes a ser assinado pelo presidente Bolsonaro e que já existem empresas interessadas

O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, criticou a fala do ator norte-americano Leonardo DiCaprio sobre a gestão do presidente Jair Bolsonaro e o desmatamento na Amazônia e disse que “quem quer dar palpite tem que colocar a mão no bolso”. Salles falava sobre o programa Adote Um Parque, que vai permitir que pessoas físicas e jurídicas brasileiras e estrangeiras patrocinem a manutenção de 132 unidade de conservação da Amazônia. “Quero ver se o DiCaprio vai adotar um deles, assim ele passa a ter legitimidade para opinar na terra dos outros. Palpite de graça a gente nem responde.”

Em entrevista ao Jornal da Manhã, da Jovem Pan, Ricardo Salles afirmou que o Adote Um Parque está prestes a ser assinado pelo presidente Jair Bolsonaro e que já existem empresas e bancos privados interessados. “Essa é uma ação concreta. A partir da doação, a empresa ou pessoa física passa a fazer algo concreto — seja patrocinando ações de prevenção de queimadas, monitoramento ou recuperação de vegetação degradada”, explicou. O ministro completou dizendo que todo esse patrocínio vai contar com apoio do poder público. “Recurso, agilidade e patrocínio do privado e manutenção do poder de polícia e fiscalização do ICMBio.”

Ricardo Salles disse que há duas explicações para o incêndio que avança sobre o Pantanal — um ligado à questão climática e outro à políticas públicas. “Está muito quente, com ventos fortes e ambiente seco. Não foi permitido que houvesse manejo do fogo no momento adequado, que fossem retirados os excessos de folhas secas e materiais orgânicos excedentes na região. Uma vez que isso queima, é mais difícil de controlar. E o outro aspecto está na proibição de permitir a criação de gado selvagem no pantanal, que comeria esse capim, e na não autorização do uso de bloqueadores de fogo. Esse produto, similar ao fertilizante, é misturado na água e torna o combate 7x mais eficiente.”