São Paulo aumenta valor do auxílio aluguel para famílias que moram em áreas de risco

Com duração de 18 meses, benefício de R$600 será entregue para moradores que concordarem em deixar as construções irregulares

  • Por Jovem Pan
  • 25/10/2021 09h12 - Atualizado em 25/10/2021 11h03
DANILO M YOSHIOKA/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO - 26/05/2021A medida também vale para pessoas com residência em locais que sofreram intervenções ou obras por parte do município

A Prefeitura de São Paulo anunciou a criação de uma nova modalidade de auxílio aluguel para famílias que moram em zonas com alto risco de desabamento. O benefício de R$ 600, com duração de 18 meses, será entregue para moradores que concordarem em deixar as construções irregulares. A medida também vale para pessoas com residência em locais que sofreram intervenções ou obras por parte do município. Atualmente, o auxílio é de R$ 400 e é concedido durante 24 meses. O novo benefício vinha sendo estudado pela gestão Ricardo Nunes desde que um desabamento no córrego do Antonico, em Paraisópolis, terminou com a morte de um homem. O local abriga 1.500 famílias. De acordo com a Defesa Civil, desde o desabamento, foram vistoriados e selados 32 imóveis no local. Agora, a Prefeitura trabalha na urbanização da região, que deve ter o processo acelerado nas próximas semanas e previsão de término para março de 2022.

*Com informações da repórter Beatriz Manfredini