São Paulo registra aumento de roubos e furtos de veículos 

No mês de julho, em comparação com abril, houve aumento de 33% nos furtos de veículos

  • Por Jovem Pan
  • 24/08/2020 07h08 - Atualizado em 24/08/2020 08h50
Fábio Vieira/Estadão ConteúdoDe acordo com Rodrigo, a quantidade de ocorrências no mês de julho está cerca de 30% abaixo do que foi registrado no mesmo período de 2019

José Abel, de 38 anos, tinha acabado de pagar uma moto zero quilômetro e ia trabalhar como entregador, mas nem teve tempo para recuperar o investimento. Ele se tornou mais uma vítima da criminalidade em São Paulo depois que visitou um amigo na rua Louro Rosa, Jardim Itaim, extremo leste da capital paulista. As imagens da câmera de segurança mostram o momento que os assaltantes chegam num carro e um deles acaba levando a moto. Tudo isso em menos de 10 minutos. Abel, que tinha entrado na residencia para buscar a mulher, conta que ficou em choque quando viu que tinham levado o único bem que possuía.

Casos como o de José Abel se tornam ainda mais frequentes nos últimos meses, já que os furtos de veículos subiram 22% na capital paulista na comparação entre os meses de abril e julho. Os dados são do Grupo Tracker, empresa de rastreamento e localização de veículos, que durante a pandemia mapeou quinzenalmente o comportamento desse tipo de crime. Para o coordenador do Comando de Operações do Grupo Tracker este aumento de delitos de roubo e furto já era esperado, por conta da maior quantidade de veículos expostos nas ruas. Rodrigo Rufca explica que houve um aumento nos furtos, no entanto, uma queda nos roubos de veículos. De acordo com Rodrigo, a quantidade de ocorrências no mês de julho está cerca de 30% abaixo do que foi registrado no mesmo período de 2019. Agora, com a flexibilização e a vida voltando ao normal, a tendência é o número aumentar cada vez mais.

*Com informações do repórter Victor Moraes