Sem surpresas, Milton Leite deve ser eleito nesta sexta presidente da Câmara de São Paulo

Sessão que receberá prefeito eleito da capital e conduzirá posse dos vereadores que devem presidir trabalhos na Câmara será liderada pelo vereador Eduardo Suplicy (PT)

  • Por Jovem Pan
  • 01/01/2021 09h16 - Atualizado em 01/01/2021 15h37
Márcio Fernandes de Oliveira/Estadão Conteúdo - 22/06/2017Milton Leite, do DEM, deve presidir Câmara

Vereadores da cidade de São Paulo tomam posse nesta sexta-feira, 1. Na sequência, o vereador Milton Leite (DEM) será eleito o presidente do legislativo paulistano, para o ano de 2021. O parlamentar chegou à câmara de São Paulo no ano de 1997 e foi reeleito 6 vezes. Milton presidiu o legislativo em 2017, 2018 e concluiu como presidente a legislatura anterior, em 2020, após o presidente Eduardo Tuma (PSDB) ser aprovado pelo legislativo paulistano para o cargo de conselheiro do Tribunal de Contas do município. Nesta sexta-feira, o vereador mais idoso preside regimentalmente a sessão. Eduardo Suplicy, do PT, terá a missão de receber o prefeito reeleito Bruno Covas (PSDB), no plenário da casa, conduzir a posse dos vereadores e presidir os trabalhos para a eleição do presidente e demais cargos da mesa diretora da Câmara. Serão escolhidos o primeiro e segundo vice-presidentes, primeiro e segundo secretários, primeiro e segundo suplentes e o corregedor do legislativo. O vereador João Jorge, do PSDB, ensaiou uma tentativa de disputa contra Mlton Leite mas o parlamentar do DEM deverá ter como oponente uma candidatura do PSOL, que não deve reunir os 28 votos, de um total de 55 vereadores.

*Com informações do repórter Marcelo Mattos