SP abre nova linha de crédito de R$ 70 milhões para microempreendedores

Desde o início pandemia, em março, o governo paulista já disponibilizou R$ 720 milhões para pequenos empreendimentos

  • Por Jovem Pan
  • 11/08/2020 06h22 - Atualizado em 11/08/2020 08h02
Newton Menezes/Estadão ConteúdoO governador João Doria afirmou que o valor será repassado em duas linhas de crédito diferentes para empreendedores com e sem CNPJ

O governo de São Paulo disponibilizou mais 70 milhões de reais para os microempreendedores devido a crise da Covid-19. O governador João Doria afirmou, na segunda-feira, 10, que o valor será repassado em duas linhas de crédito diferentes para empreendedores com e sem CNPJ. “Primeira linha é para os empreendedores informais e produtos rurais, sem CNPJ. A segunda linha é voltada para microempreendedores, os MEIs, e produtores ruais com CNPJ”, afirma o governador. A secretária de Desenvolvimento Econômico, Patrícia Ellen, diz que a estratégia do governo é ajudar os microempresários que foram prejudicados pela pandemia.

“Lembrando que mais de 50% dos empregos gerados no nosso Estado vem dos empreendedores e empreendedoras e, por isso, estamos focando em fazer um trabalho para dar crédito de menor valor para mais gente. Então, o foco é nos microempreendedores, autônomos, nos informais, que são aqueles que estão tocando a nossa economia e mais precisam de ajuda no momento”, conclui. Desde o início pandemia, em março, o governo paulista já disponibilizou R$ 720 milhões para pequenos empreendimentos. Na contramão, as doações de empresas para ações de combate ao coronavírus no Estado já passam de R$ 1 bilhão.

*Com informações da repórter Beatriz Manfredini