Surto de Influenza afeta cidade do Rio de Janeiro; prefeito está com sintomas

Capital fluminense já registrou quase sete mil casos de gripe nos últimos dias, com tendência de alta

  • 26/11/2021 13h14
Tânia Rêgo/Agência BrasilSegundo o secretário de Saúde do Rio de Janeiro, Daniel Soranz, a vacina contra a gripe está disponível e pode ser tomada junto da vacina da Covid-19, não sendo mais necessário aguardar um intervalo de 14 dias entre elas

No Rio de Janeiro surge uma outra preocupação além da pandemia da Covid-19. A prefeitura prepara um relatório sobre um surto do vírus Influenza A, da gripe, na capital fluminense. O prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes (PSD), é a mais nova vítima do surto de gripe, Influência A. Já são quase sete mil casos registrados nos últimos dias, com tendência de alta. Paes está despachando de casa e com sintomas alusivos a essa gripe. Sintomas, inclusive, muito parecidos com os da Covid-19. A prefeitura do Rio de Janeiro está fazendo um estudo elaborado em parceria com laboratórios para tentar entender melhor esse surto de Influenza nesta época do ano, algo considerado incomum.

O secretário municipal de Saúde Daniel Soranz disse que, ao longo dos últimos dois anos, houve uma baixa imunização da população contra a gripe. A vacinação da Covid-19 foi a maior preocupação neste período. A taxa de imunização contra a Influência está aquém das expectativas, apenas 56% do público alvo se vacinou até agora. Por isso, Solange reforçou a necessidade de as pessoas irem aos postos de saúde do Rio para se vacinar. “Todo o mundo pode tomar a vacina, a vacina está liberado para todos, e não precisa mais esperar a vacina da Covid pra tomar a vacina da gripe, pode tomar as duas vacinas juntas, não tem necessidade mais de esperar 14 dias de intervalo”, afirmou. A vacinação, por enquanto, é o principal remédio para enfrentar esse surto de Influência.

*Com informações do repórter Rodrigo Viga