Técnicos da Cenipa iniciam retirada de aeronave de Marília Mendonça

Destroços e peças seguem para hangar no aeroporto de Carantinga; equipes desmontam a estrutura da arena em que seria realizado o show da cantora na madrugada de sábado

  • Por Jovem Pan
  • 07/11/2021 11h36 - Atualizado em 07/11/2021 11h45
Reprodução/Jovem Pan News Avião Marília Mendonça Local da queda do avião virou ponto de peregrinação

A área onde o avião da cantora Marília Mendonça caiu, na cachoeira na Serra da Caratinga, no interior de Minas Gerais, continua isolado para a retirada dos destroços e peças. O procedimento começou ainda na noite de sábado, 6, com a chegada de um guincho e de um caminhão com iluminação. Um DJ da cidade de Caratinga emprestou canhões de luz que ele usualmente coloca em festas para poder iluminar o trabalho durante à noite. O avião foi retirado da água e das pedras na manhã deste domingo, 7. O veículo se partiu ao meio na primeira movimentação realizada para retirá-la da cachoeira. Agora, a aeronave está no barranco e será içada por um cabo de aço por cerca de 50 a 60 metros. Em seguida, o avião será enviado para o hangar do aeroporto do município.

O advogado de Marília Mendonça, Robson Nunes, voltou ao local para localizar outros pertences da artista. Robson saiu da cachoeira aos pratos ao encontrar um caderno da cantora. Nesse diário, ela relatava o seu cotidiano e até mesmo rascunhava ideias de música, que agora não terão mais a sua voz. “Eu fiz questão de voltar aqui porque já tinham recolhido todas as malas e eu sabia que algumas coisas importantes poderiam estar na aeronave. Isso é em respeito à memória dela. Essa agenda é onde ela anotada tudo que acontecia no dia a dia da vida dela. Eu conheço”, relatou o advogado. “Para mim já valeu a pena esse sacrifício de ter voltado aqui e insistido tanto para conseguir esses materais”. Ainda em Caratinga, equipes desmontam a estrutura da arena em que seria realizado o show da Marília Mendonça na madrugada de sexta para sábado. A entrada da cantora estava prevista para 1 hora da madrugada. O cantor Vinícius Terra também cantaria no evento. Algumas tendas, banheiros químicos e grades ainda estão no espaço. A parte que seria destinada ao palco de apresentações já foi retirada.

*Com informações dos repórteres Fernando Martins e Nanny Cox