Terapia ocupacional auxilia na reabilitação de pacientes nas áreas motora e cognitiva

País possui, atualmente, 17 mil profissionais atuando no setor, que beneficia pessoas de todas as idades em escolas, hospitais, empresas e projetos sociais

  • Por Jovem Pan
  • 13/10/2021 07h12 - Atualizado em 13/10/2021 10h19
Banco de imagens/PixabayTerapia Ocupacional é regulamentada no Brasil desde 1969

Desde 1969, a atividade do profissional da terapia ocupacional é regulamentada no Brasil. No entanto, o crescimento da atividade é notado nos últimos anos, frente aos benefícios proporcionados por esse tipo de terapia. O terapeuta ocupacional atua na prevenção e tratamento de pessoas com algum tipo de limitação ou incapacidade que afete seu cotidiano. É o que explica Alexandra Martini, terapeuta ocupacional do instituto de psiquiatria do hospital das clínicas. “A terapia ocupacional acaba focando muito na questão da funcionalidade, da capacidade do indivíduo de exercer funções, realizar tarefas no mundo. O terapeuta ocupacional tem o foco na funcionalidade”, afirma.

Hoje, segundo Alexandra, cerca de 17 mil profissionais atuam em todo o Brasil. Desse modo, o acesso ao tratamento é crescente. “Nós funcionamos, no SUS, como uma grande rede. E os pacientes acabam sendo encaminhados de um serviço a outro, em geral já se sabendo qual o propósito e qual o trabalho do terapeuta ocupacional. O acesso acaba sendo via serviços de saúde ou dentro de escolas, creches, do sistema prisional, comunidades terapêuticas, onde há a preocupação com a questão da reabilitação ocupacional no sentido do trabalho”, explica.

Para a especialista, a recompensa maior vem na forma da evolução do paciente. “O feedback das famílias que receberam essa intervenção é muito positivo, provoca uma mudança. Isso dá uma sensação muito gratificante, saber que as famílias passaram a entender a doença e ajudar o paciente a se engajar nas ocupações”, pontua Alexandra. A terapia ocupacional beneficia pessoas de todas as faixas etárias. E os profissionais atuam em diversos locais, desde ambientes de saúde, até mesmo em projetos sociais, escolas, empresas.

*Com informações do repórter Fernando Martins