Tribunal de Contas de SP cobra esclarecimentos sobre vacina financiada pelo governo federal

Conselheiro do TCE pediu que sejam informados o montante e a origem dos recursos públicos alocados ao projeto

  • Por Jovem Pan
  • 01/04/2021 10h43
EFE/EPA/Liam McBurney / POOL - 08/12/20USP deve informar se houve a participação de empresas privadas no projeto, quais são elas e como foram estabelecidas as parcerias

O Tribunal de Contas do Estado de São Paulo enviou à USP uma série de perguntas sobre o desenvolvimento da vacina Versamune, contra a Covid-19, que é financiada pelo governo federal. O imunizante foi anunciado na semana passada pelo Ministério da Ciência e Tecnologia e é desenvolvido em parceria com a farmacêutica brasileira Farmacore e a americana PDS Biotechnology. A autorização para fazer os testes clínicos em humanos já foi solicitada pelo governo à Anvisa.

No despacho, o conselheiro do TCE Antonio Roque Citadini pediu que sejam informados o montante e a origem dos recursos públicos alocados ao projeto, assim como o valor gasto até agora no desenvolvimento da vacina. O TCE também questiona subsídio do Estado e da União e pede que seja apresentado o documento que comprova a parceria. A USP também deve informar se houve a participação de empresas privadas no projeto, quais são elas e como foram estabelecidas as parcerias. Agora, o Tribunal de Contas do Estado de São Paulo pediu esclarecimentos à universidade sobre o assunto.

*Com informações da repórter Nicole Fusco