Trump ataca líder republicano no Senado e acirra divisão do partido nos EUA

Em comunicado, o ex-presidente se referiu ao parlamentar com termos como ‘picareta’, “severo’, ‘carrancudo’ e ‘sisudo’; o conflito entre os republicanos se acirrou após a invasão ao Capitólio

  • Por Jovem Pan
  • 17/02/2021 05h45
Reprodução/Twitter @senatemajldrMitch McConnell Líder dos Republicanos no Senado

O ex-presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, atacou o líder da minoria republicana no Senado, Mitch Mcconnell, nesta terça-feira, 16. Em um comunicado, divulgado três dias após ser ter sido inocentado pela segunda vez, em um processo de impeachment, Trump se referiu ao parlamentar com termos como “picareta”, “severo”, “carrancudo” e “sisudo” e disse que se os senadores republicanos permanecerem ao lado do desafeto não vão ganhar novamente.

Mcconnel e o ex-presidente entraram em conflito semanas após a eleição de 3 de novembro, vencida pelo democrata Joe Biden. A distância cresceu entre os dois depois que o senador afirmou que o ex-mandatário americano provocou a invasão do Capitólio. Apesar da declaração, Mcconnel votou pela absolvição de Trump. A rivalidade entre as duas importantes figuras tem feito cada um tentar levar o partido para um sentido oposto. Enquanto o senador quer uma volta às origens focada em orçamento e pró-trocas comerciais, Trump mira uma abordagem mais populista e tem o apoio de boa parte da base de eleitores republicanos.

*Com informações da repórter Caterina Achutti