Valorização de soja e milho vai pressionar inflação em 2021

Enquanto o principal indicador da bolsa brasileira acumulou ganhos de 6%, os alimentos tiveram alta de 29% e 12%

  • Por Jovem Pan
  • 04/01/2021 11h01 - Atualizado em 04/01/2021 11h24
Jonas Oliveira / ANPrA inflação no Brasil em 2020 foi fortemente acelerada pelo preço dos alimentos na pandemia

A rentabilidade da soja e milho superou a Ibovespa em 2020. É o que aponta um estudo da ARC Mercosul com uma cesta de seis produtos: soja, milho, ouro, petróleo, dólar e Ibovespa. Enquanto o principal indicador da bolsa brasileira acumulou ganhos de 6%, a soja teve 29% e o milho 12%. A inflação no Brasil em 2020 foi fortemente acelerada pelo preço dos alimentos na pandemia. É o que explica o diretor da ARC Mercosul, Alexandre Inácio.

“Algumas regiões em São Paulo, Paraná, Mato Grosso você vê a soja e o milho, no acumulado dos últimos meses, superando uma valorização de 10%, chegando em 150% em algumas regiões. Essa valorização dos grãos tem um impacto direto na formação dos preços da carne de frango, suína, bovina. E isso gera impactos no consumidor.” O cenário para o início de 2021 não parece ser muito diferente. Na pandemia os produtores nacionais tiveram forte resultado com as exportações. Com mercado interno em alta, pelo isolamento social, pagou muito mais caro pelos produtos nos supermercados brasileiros.

*Com informações do repórter Marcelo Mattos